Última hora

Última hora

700 mil palestinianos cruzaram fronteira para Egipto em dois dias

Em leitura:

700 mil palestinianos cruzaram fronteira para Egipto em dois dias

Tamanho do texto Aa Aa

Calcula-se que já tenham passado 700 mil pessoas nos últimos dois dias pela fronteira entre Gaza e o Egipto, em fuga ao bloqueio israelita. Os números são das Nações Unidas. O que mais falta em Gaza são bens de primeira necessidade.

As autoridades egípcias estão a deixar os palestinianos abastecerem-se sem restrições, depois de uma explosão ter destruído parte da estrutura que divide os dois territórios em Rafah. O presidente Hosni Mubarak, acusou os extremistas do Hamas que controlam Gaza de aproveitarem a situação para implicarem o Egipto nos diferendos inter-palestinianos.

Um habitante de Gaza que atravessou a fronteira considera que a atitude do Egipto contra-balança “a injustiça que Israel está a fazer aos palestinianos” e agradece a coragem das autoridades egípcias.

Várias lojas na parte egípcia de Rafah e de Al-Arich ficaram com os stocks vazios. E muitos comerciantes palestinianos aproveitam para comprar o maior número de bens possível para depois os venderem em Gaza, com alguma margem de lucro.