Última hora

Última hora

Atentado em Beirute mata responsável dos serviços secretos libaneses

Em leitura:

Atentado em Beirute mata responsável dos serviços secretos libaneses

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos dez mortos e vários feridos é para já o balanço de um atentado num bairro cristão de Beirute, esta manhã. De acordo com os meios de comunicação locais, o alvo da explosão era o veículo de um alto responsável das forças de segurança libanesas, Wissam Eid, que acabou por morrer no atentado. Eid era responsável dos serviços secretos libaneses e estava a investigar sobre vários atentados recentes. Em Fevereiro de 2006 a sua viatura já tinha sido atacada com uma granada.

O ataque ocorreu na área de Hazmieh, zona residencial de vários responsáveis diplomáticos, na periferia este da capital do Líbano. Há dez dias, a explosão de um carro armadilhado à passagem de um veículo diplomático norte-americano na capital libanesa matou três pessoas e feriu 16.

Nos últimos três anos, o Líbano foi palco de pelo menos 30 atentados deste género contra políticos e jornalistas anti-sírios. As forças de manutenção de paz da ONU também têm sido alvo deste tipo de ataque. A Síria rejeita qualquer responsabilidade na instabilidade política que se vive no Líbano e já condenou o atentado desta manhã.