Última hora

Última hora

Heineken e Carlsberg partilham activos da S&N

Em leitura:

Heineken e Carlsberg partilham activos da S&N

Tamanho do texto Aa Aa

A concentração do mercado das cervejas deu um novo passo, com um acordo a três entre a britânica Scottish & Newcastle, a dinamarquesa Carlsberg e a holandesa Heineken, por um valor que ascende a pouco mais de 10,4 mil milhões de euros. Os activos da Scottish and Newcastle, que em Portugal é dona de 100% da Central de Cervejas, vão ser divididos plas duas rivais.

A Heineken e a Carlsberg reforçam-se num mercado liderado pela belga InBev e pela britânica SabMiller. A Heineken ocupa o terceiro lugar, seguida pela norte-americana Anheuser Bush e pela Carlsberg. Segundo o acordo, a Heineken fica com as actividades da Scottish & Newcastle em Portugal, Reino Unido, EUA, Irlanda, Bélgica, Finlândia e Índia.

Já a Carlsberg passa a controlar os mercados de França e Grécia, o que inclui a cerveja Kronenbourg, e ainda os 50% que faltavam na russa BBH. As operações da Scottish & Newcastle na China e no Vietname passam também a ser controladas pela Carlsberg.

A empresas dinamarquesa e holandesa passam a concorrer directamente no mercado português de cerveja, já que a Carlsberg detém mais de 40% do capital da Unicer, principal concorrente da Central de Cervejas.