Última hora

Última hora

Roma procura saída para a crise

Em leitura:

Roma procura saída para a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Os representantes dos principais partidos italianos continuam hoje a desfilar no Palácio Quirinal onde são ouvidos pelo presidente Giorgio Napolitano. Após estas consultas que terminam terça-feira, o chefe de Estado deverá decidir se convoca eleições antecipadas ou se nomeará um governo interino.

O presidente Napolitano sempre se opôs a um regresso às urnas nas actuais regras, sendo por isso uma prioridade a modificação a actual lei eleitoral, apontada como responsável pela instabilidade política em Itália nos últimos 60 anos.

Na sede do partido de Romano Prodi declarou não ser a pessoa adequada para liderar o governo que crie a nova lei eleitoral e evite assim eleições antecipadas. Eleições imediata é o que pede a oposição de centro direita argumentando que a reforma eleitoral necessita apenas de algumas semanas.

Sílvio Berlusconi considera esta reforma inútil e pressiona no sentido da realização de eleições acreditando que poderá voltar ao poder, e para não perder tempo anunciou que o seu partido está começou a campanha eleitoral.