Última hora

Última hora

Igreja orotodoxa grega perde líder

Em leitura:

Igreja orotodoxa grega perde líder

Tamanho do texto Aa Aa

Morreu o arcebispo ortodoxo de Atenas e primaz da Grécia, Christodulos. O arcebispo, que sofria de cancro no fígado e nos intestinos desde o ano passado, faleceu durante a noite, na sua residência na capital grega. Tinha 69 anos.

O corpo do prelado encontra-se em câmara ardente na catedral metropolitana de Antenas. O Santo Sínodo da Igreja Ortodoxa grega vai reunir-se esta segunda-feira para decidir os detalhes do funeral e a eleição do sucessor de Christodulos. Segundo a tradição, o enterro deverá realizar-se quarta-feira e a eleição do novo arcebispo deverá efectuar-se dentro de 20 dias.

O arcebispo ortodoxo de Atenas ficará na história por ter conseguido melhorar as relações com a Igreja Católica após séculos de tensão. Foi Christodulos que, em 2001, recebeu a primeira visita de um pontífice católico à Grécia após o Cisma de 1054, uma viagem que ficou marcada pelo pedido de perdão do Papa João Paulo II pelos pecados cometidos ao longo de séculos por católicos contra ortodoxos.

Em Dezembro de 2006, o arcebispo reuniu-se com o actual Papa Bento XVI no Vaticano, tendo sido assinado nessa altura uma declaração comum sobre o seu compromisso para a unidade cristã.