Última hora

Última hora

O corretor da SG continua em prisão preventiva

Em leitura:

O corretor da SG continua em prisão preventiva

Tamanho do texto Aa Aa

A justiça francesa mante a pressão sobre o corretor da Societé General (SG), para chegar ao fundo da verdade. O periodo de prisão preventiva de Jerome Kerviel foi prolongado, esperando-se assim que revele o máximo de informações e que ajude a dissipar a polémica que o caso provoca em no país.

O responsável pelo inquérito na Brigada Financeira declarou que de momento Kerviel “aceitou explicar-se sobre os elementos de que é acusado pela Societé General e tem revelado dados importantes, o inquérito está a avança bem”.

Será Kerviel, de 31 anos, único responsável por investimentos de alto risco e pela perda de 4,9 mil milhões de euros ou bode expiatório de todo um sistema? A fraude bolsista detectada no banco Societé Generale, no início da semana, poderá ser, afinal, a ponta do icebergue de uma soma de 50 mil milhões de euros mal gerida, resta saber por quem?