Última hora

Última hora

Itália suspensa da decisão do presidente

Em leitura:

Itália suspensa da decisão do presidente

 Itália suspensa da decisão do presidente
Tamanho do texto Aa Aa

Eleições antecipadas, foi o que pediu Silvio Berlusconi, o líder da direita italiana, na reunião desta manhã com o presidente Georgio Napolitano. Berlusconi foi recebido no âmbito das consultas aos diversos agentes políticos para tentar encontrar uma solução para a crise.

À saída da reunião, afirmou: “Não conseguimos acordo sobre a reforma eleitoral nos últimos dois anos e nem sequer no seio da esquerda, como podemos considerar a hipótese de um país que precisa de um governo imediatamente, ficar suspenso de qualquer coisa sobre a qual não existe a menor possibilidade de acordo”?

Giorgio Napolitano recebeu também o líder da esquerda, Walter Veltroni que pede a formação de um governo transitório. “Propusemos ao presidente a marcação de eleições para a primavera do próximo ano, e, entretanto, fazem-se as reformas que a Itália espera ou eleições em Junho e faz-se apenas a reforma eleitoral”, afirmou.

Após a queda do governo de Romano Prodi na semana passada, Giorgio Napolitano tem duas opções: formar um governo de transicção que possa proceder à reforma eleitoral ou marcar imediatamente eleições antecipadas.

A direita apela às eleições, motivada pelas sondagens que lhe dão a maioria; a esquerda pede a reforma urgente da lei para que o país não oscile de crise em crise política.

A decisão do presidente italiano será conhecida na quarta ou quinta-feira.