Última hora

Última hora

UBS tem prejuízo em 2007

Em leitura:

UBS tem prejuízo em 2007

Tamanho do texto Aa Aa

As contas do banco suíço UBS caíram no vermelho, no ano passado. O UBS, número um mundial no sector da gestão de fortunas, torna-se uma das principais vítimas europeias da crise dos créditos imobiliários de risco, originada nos Estados Unidos.

ESte foi o primeiro resultado negativo do UBS, desde a fusão que deu origem ao actual grupo, há dez anos.

O ano começou bem para o UBS, mas foi no segundo semestre que as coisas pioraram. Nos meses de Julho a Setembro, as perdas foram de 700 milhões de euros e no último trimestre cresceram para os 9,300 mil milhões. No total do ano, as contas saldam-se por um prejuízo de 2,7 mil milhões de euros.

Ao longo do ano, os encargos excepcionais relacionados com a crise dos créditos atingiram os 12,4 mil milhões. O banco ainda não publicou as previsões para este ano. Os analistas acreditam que o grande desafio do UBS será garantir que os prejuízos não se prolongam por este ano.