Última hora

Última hora

Coligação eleitoral pró-europeia desfeita na Sérvia

Em leitura:

Coligação eleitoral pró-europeia desfeita na Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

A menos de 4 dias da segunda volta das eleições presidenciais sérvias houve uma fractura na coligação pró-europeia que apoia a candidatura do actual presidente Boris Tadic. Vojislav Kostunica, do Partido Democrático da Sérvia, não renovou o apoio a Tadic, do Partido Democrata, pelo facto do candidato a um segundo mandato presidencial rejeitar uma emenda do pacto de coligação.

Uma alteração que prevê a assinatura de um acordo com a União Europeia, mesmo que os 27 reconheçam a independência da província sérvia do Kosovo.

O vencedor da primeira volta foi o ultranacionalista Tomislav Nikolic mas para a segunda ronda as sondagens dão a magra vantagem de dois 2% a Tadic.

O fim da coligação pode baralhar o resultado dos estudos de opinião e oferecer a vitória a Nikolic, bastante próximo do Kremlin.

Esta quarta-feira, Nikolic, encontrou-se com aquele que será o próximo presidente da Rússia, Dmitri Medvedev.

O candidato ultranacionalista sérvio opõem-se ferozmente à independência do Kosovo. Uma posição apoiada pela Rússia.

As eleições presidenciais sérvias do próximo domingo são também terreno de batalha da União Europeia e da Rússia pela influência política.