Última hora

Última hora

Sérvios decidem futuro este domingo

Em leitura:

Sérvios decidem futuro este domingo

Tamanho do texto Aa Aa

Mais de 7 anos depois da queda de Slodoban Milosevic, a Sérvia está numa encruzilhada. O dia é de reflexão para o país de 7,5 milhões de habitantes que escolhem este domingo entre um ultranacionalista eurocéptico e um pró-ocidental que pode conduzir o país rumo à União Europeia.

Os eleitores estão divididos a tal ponto que as sondagens não arriscam um vencedor, apesar de darem uma ligeira vantagem ao pró-ocidental Boris Tadic. Mas a maioria dos analistas prevê que esta segunda volta entre Tadic e Tomislav Nikolic possa ser decidida por poucos milhares de votos de diferença.

Alguns estimam que nestas eleições presidenciais está em causa o futuro de várias gerações sérvias, ou no rumo da integração europeia com Tadic ou do isolamento voltado para Moscovo com Nicolic.

Tema transversal da campanha foi o Kosovo, que se prepara para declarar a independência.

Os dois candidatos recusam essa ideia e Tadic pode ser prejudicado nas urnas por ser mais pró-europeu, depois de se saber que a maioria dos membros da União Europeia está de acordo para reconhecer a independência da província sérvia.

Uma independência que terá uma vida mais difícil se Nikolic vencer.