Última hora

Última hora

Polícia Judiciária recua no caso Maddie

Em leitura:

Polícia Judiciária recua no caso Maddie

Tamanho do texto Aa Aa

O porta-voz de Gerry e Kate McCann pede às autoridades judiciais portuguesas que liberte o casal do estauto de arguído no caso do desaparecimento da sua filha Maddie, no ano passado no Algarve. Uma exigência feita também pelo advogado dos McCann em Portugal, Rogério Alves, depois das declarações do director nacional da Polícia Judiciaria.

“ O que me parece fundamental aqui é que há uma reanálise de matéria que nos autos terá sustentado a constituição dos pais como arguídos e dessa reanálise o director nacional vem dizer que porventura ela não terá sido suficiente, terá havido precipitação, se quisermos, terá havido erro”, afirmou.

As palavras de Alípio Ribeiro que provocaram a reacção por parte da defesa dos McCann foram estas…

“Talvez devesse ter tido outra avaliação… houve uma certa precipitação”

Maddie desapareceu no dia 3 de Maio de um complexo turístico na Praia da Luz. Kate e Gerry McCann mostram-se convencidos de que a criança foi raptada, mas

Após quatro meses de investigação, foram constituídos arguídos.