Última hora

Última hora

UE satisfeita com desfecho eleitoral na Sérvia

Em leitura:

UE satisfeita com desfecho eleitoral na Sérvia

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia respira de alívio. Boris Tadic foi reeleito para uma segundo mandato presidencial na Sérvia. No entanto, o resultado das eleições deste domingo demonstra uma maior divisão do país face ao anterior escrutínio.

O candidato pró-europeu reconhece que é preciso unir a nação. “É muito importante que a Sérvia permaneça unida e que todos continuemos a trabalhar no sentido de melhorar o nível de vida dos cidadãos”, declarou Tadic.

Na segunda volta do sufrágio, Tadic triunfou sobre o vencedor da primeira ronda e ultranacionalista, Tomislav Nikolic, com 50 % dos votos contra 47 %. A participação nas eleições, marcadas pela esperada independência da província sérvia do Kosovo, cifrou-se em 67 %.

A União Europeia considerava as eleições como um referendo à integração europeia e um exame à eventual reacção dos sérvios na declaração unilateral da independência do Kosovo, que poderá acontecer já no dia 10.

Muitos sérvios aguardam um futuro melhor com a vitória de um candidato pró-europeu. “São muito boas notícias. A minha família inteira esperou nervosamente os resultado, revela uma mulher.

As atenções centram-se agora na esperada declaração de independência do Kosovo. O governo liderado por Vojislav Kostunica prometeu represálias contra a província secessionista.