Última hora

Última hora

Itália oficialmente sem governo

Em leitura:

Itália oficialmente sem governo

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, falta apenas anunciar a data das eleições.

Romano Prodi, o primeiro-ministro a quem o senado retirou a confiança, reuniu-se esta manhã com o presidente Giorgio Napolitano e assinou o decreto que dissolve as duas câmaras parlamentares e põe fim à legislatura.

No final do encontro o presidente italiano afirmou:
“A decisão de dissolver as duas câmaras depois de ter ouvido os respectivos presidentes tornou-se obrigatória, dada a conclusão negativa dos esforços que conduzi, com a convicção de que eleições largamente antecipadas constituem uma anomalia relativamente à sucessão normal das legislaturas parlamentares e têm fortes consequências na governabilidade do país.”

A imprensa italiana avançou ontem com as datas de 13 e 14 de Abril para a ida dos italianos às urnas, mas a decisão final só será conhecida após a reunião desta tarde do conselho de ministros.