Última hora

Última hora

Com Romney fora da corrida McCain assume favoritismo

Em leitura:

Com Romney fora da corrida McCain assume favoritismo

Tamanho do texto Aa Aa

Depois de na Super Terça-feira ter deixado para trás um adversário de peso, John McCain continua em campanha e começa por tentar reunir um consenso entre os conservadores republicanos: “Muitos de vocês discordaram bastante com algumas posições que eu tomei em anos recentes. Eu compreeendo isso. Posso não concordar, mas respeito-o por princípio. E espero sinceramente que mesmo que vocês pensem que eu tenha cometido erros como membro conservador, mesmo assim permitam, de muitas maneiras importantes para todos, que eu mantenha o perfil de um conservador”; “McCain votou pela abolição de fronteiras. fronteiras abertas. Isso para mim chega”; “eles descrevem-no como não sendo conservador. No entanto, eu penso que ele é conservador em algumas coisas. sim. E no fim ele vai ser suficientemente conservador para o partido”.

Aos 71 anos, o veterano de guerra está a um passo de ser investido como candidato Republicano às presidenciais norte americanas.

McCain parece ter sobrevivido para já aos críticos dentro do próprio partido.

Alguns não lhe perdoam as posições moderadas em relação a temas como a imigração ilegal, ou os ataques que fez a determinados líderes religiosos a quem apelidou de “agentes da intolerância”.