Última hora

Em leitura:

Inflação cai mais do que o esperado em Abril na zona euro


empresas

Inflação cai mais do que o esperado em Abril na zona euro

Não passa de uma estimativa do Eurostat, mas não deixa de ser uma boa notícia para os consumidores da zona euro. A taxa de inflação deverá recuar nos 15 países europeus que utilizam a moeda única para os 3,3% em Abril. Os dados provisórios divulgados esta quarta-feira pelo gabinete de estatística da União Europeia deverão ser confirmados no dia 15 de Maio.

Em Março a subida geral dos preços teve um aumento de 3,6%, o nível mais elevado dos últimos 16 anos. A confirmarem-se os valores divulgados hoje, em Abril a inflação regressa aos 3,3% já registados em Fevereiro. Em Janeiro ficou-se pelos 3,2%.

Na segunda-feira, o comissário europeu dos Assuntos Económicos e Monetários, Joaquin Almunia, referiu que “os riscos inflacionistas poderão ter consequências sociais extremamente graves, tanto na União Europeia como na zona euro, e são os sectores mais pobres e mais fracos da sociedade que mais sofrem.”

O aumento da inflação deve-se em grande parte ao aumento dos preços dos produtos alimentares e dos recursos energéticos. Os dados revelados pelo Eurostat retiram um pouco de pressão ao Banco Central Europeu, que tem como principal objectivo conter a inflação.

O BCE definiu os 2% como limite para os preços nos consumidores. Apesar de ter caído, a inflação está ainda nos 3,3%.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

empresas

Ericsson elimina 4000 empregos