Última hora

Última hora

Resultados da Siemens caiem 68% no segundo trimestre

Em leitura:

Resultados da Siemens caiem 68% no segundo trimestre

Tamanho do texto Aa Aa

A Siemens anunciou, esta quarta-feira, uma queda de 68% dos seus resultados líquidos no segundo trimestre fiscal para 384 milhões de euros. O valor ficou abaixo das previsões dos analistas que apontavam para lucros na ordem dos 395 milhões de euros.

Em conferência de imprensa, esta manhã, o presidente do maior conglomerado europeu de engenharia, Peter Loscher, explicou que “no segundo trimestre, o volume de encomendas progrediu 12%, em relação ao mesmo período do ano passado, para 23 mil milhões de euros. Com as correcções relativas às alterações de portefólio e variações cambiais, as encomendas progrediram 15%.”

À queda dos resultados juntam-se ainda os efeitos do escândalo de corrupção que atingiu todos os sectores da companhia, que já alterou uma parte do seu corpo directivo.

Para o responsável pelo departamento jurídico da Siemens, Peter von Solmssen, “as condenações prematuras não são aceitáveis. Vive-se numa cultura de direito e de fair-play e tem que haver um processo justo.”

Para o ano fiscal em curso, que termina a 30 de Setembro, a Siemens prevê um crescimento das vendas a um ritmo duas vezes superior ao do PIB alemão, enquanto os lucros deverão crescer ao mesmo ritmo do ano passado.

No segundo trimestre, o volume de negócios cresceu 1%, para superar os 18 mil milhões de euros.