Última hora

Última hora

Sarkozy na Tunísia defende União para o Mediterrâneo

Em leitura:

Sarkozy na Tunísia defende União para o Mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

A União para o Mediterrâneo marcou a visita de Nicolas Sarkozy à Tunísia. Acompanhado da mulher, Carla Bruni, o presidente francês, aproveitou o fórum económico entre os dois países para defender o seu projecto, que deverá ver a luz do dia a 13 de Julho.

Sarkozy acredita que a parceria entre os Vinte e Sete e os países da margem Sul do Mediterrâneo vai permitir fazer face à concorrência asiática. E alerta: a Ásia soube unir-se. “Na Ásia, os países vizinhos souberam integrar-se e completar-se. O drama do Mediterrâneo é que estamos no caminho inverso: opomo-nos e excluímo-nos”, avisou.

Os dois países assinaram vários acordos comerciais. Quanto aos direitos do Homem, Sarkozy felicitou os progressos feitos no país – provocando a ira das organizações de defesa dos direitos humanos. Mas Sarkozy recusa dar lições aos outros países e diz que a própria União para o Mediterrâneo tem de ser uma verdadeira parceria entre povos.