Última hora

Última hora

Bagagens de cabine continuam nas mãos das companhias aéreas

Em leitura:

Bagagens de cabine continuam nas mãos das companhias aéreas

Tamanho do texto Aa Aa

As companhias aéreas vão continuar a decidir o tamanho e o peso máximo da bagagem de mão. Bruxelas abandonou a ideia de legislar sobre a dimensão e o peso da bagagem que os passageiros podem levar consigo na cabine dos aviões.

A Comissão Europeia estima que a eficácia da medida em termos de segurança não compensaria o incómodo dos passageiros nem o custo para as companhias aéreas.

Bruxelas seguia as recomendações da IATA, a organização internacional das linhas aéreas, que preconiza um tamanho máximo de 56 cm por 45 por 25.

Mas os estudos demonstraram que o tamanho das malas tem pouca influência na eficácia das buscas, feitas pelo pessoal de segurança nos aeroportos, pelo que Bruxelas abandonou a ideia.