Última hora

Última hora

Airbus falha negócio

Em leitura:

Airbus falha negócio

Tamanho do texto Aa Aa

O construtor aeronáutico europeu, Airbus, reconheceu, esta quarta-feira, o fracasso das negociações com o seu parceiro estratégico, a francesa Latécoère, a quem pretendia vender duas fábricas. Os sindicatos reagiram com agrado, ao malogro do negócio. Uma das fábricas situa-se em Méaulte a outra em Saint Nazaré.

A Airbus mantém-se interessada em vender outras duas unidades, a de Filton, no Reino Unido e a de Lauphein, na Alemanha. Apesar do desaire, a Airbus e a Latécoère vão manter a parceria, para o desenvolvimengto do A350.

“Não muda nada na estratégia de multilocalização da Airbus” – diz a empresa numa nota de imprensa.

No mesmo documento, atribui-se a responsabilidade do falhaço à conjuntura financeira.

As negociações para a venda da Filton decorrem desde Dezembro, com a congénere britânica GKN

A fábrica de Laupheine tem mais pretendentes, os franceses da Zodiac, os alemães da Diehl e Kafer e os americanos da Aerospace.

A Airbus prevê um aumento dos resultados para este ano, devendo chegar aos 1.8 mil milhões de euros.