Última hora

Última hora

Petróleo ultrapassa 126 dólares

Em leitura:

Petróleo ultrapassa 126 dólares

Tamanho do texto Aa Aa

O preço do barril de crude ultrapassou, sexta-feira, os 126 dólares em Nova Iorque. A subida galopante do petróleo tem sido alimentada pelo enfraquecimento do dólar e pelo aumento do consumo na China, bem como pela especulação de que o custo do barril possa chegar aos 200 dólares, em Dezembro. Um barril que ainda, em Maio de 2002, custava 25 dólares.
“Vai chegar uma altura em que eles não vão conseguir impedir que isto afecte os consumidores. As pessoas já estão a conduzir menos, a não fazer aquela viagem extra à loja. É uma questão de oferta e procura. Se a procura baixa, por exemplo, no gás, o preço também baixa”, disse o presidente da Mark Solazzo Trading, comentando a subida do petróleo.
Alguns especialistas dizem, no entanto, que é bom que o barril de crude atinja preços tão elevados. Explicam que estes são necessários para diminuir a procura e desenvolver recursos alternativos ao petróleo, que é finito.
O secretário-geral da Organização dos Países Exportadores de Petróleo reiterou, quinta-feira, que não há escassez de petróleo no mercado, negando que fosse essa a causa da escalada de preços.
Os Estados Unidos também tinham revelado, na quarta-feira, que tinham mais reservas de petróleo do que seria esperado, o que não impediu o preço de continuar a subir.