Última hora

Última hora

Milícias do Hezbollah começam a retirar das ruas de Beirute

Em leitura:

Milícias do Hezbollah começam a retirar das ruas de Beirute

Tamanho do texto Aa Aa

Grupos de milicianos armados, apoiantes do Hezbollah, começaram a retirar das ruas de Beirute. Uma mudança de atitude ocorrida depois de o governo libanês ter recuado em duas medidas que o movimento xiita tinha tomado como uma declaração de guerra.

O Governo de Fouad Siniora tinha anunciado o desmantelamento do sistema autónomo de comunicações do Hezbollah, que classificou como um atentado à soberania de Estado. O executivo voltou também atrás na decisão de demitir um general próximo dos xiitas, responsável pela segurança do aeroporto de Beirute.

As duas medidas eram reivindicações dos milicianos xiitas, opositores do Governo, e estiveram na origem da violência dos últimos dias.

Este sábado, no Norte do país, uma dezena de milicianos libaneses morreu após um ataque às instalações do partido social nacionalista sírio, executado por milícias pró-governamentais.

Na mesma região, na cidade de Tripoli, ocorreram ainda confrontos entre as duas facções. O exército do Governo, que voltou a controlar as ruas da capital libanesa, tem evitado uma intervenção para não provocar divisões nas suas fileiras e manter a neutralidade.