Última hora

Última hora

Hugo Chavez ataca Angela Merkel

Em leitura:

Hugo Chavez ataca Angela Merkel

Tamanho do texto Aa Aa

A menos de uma semana da Cimeira União Europeia-América Latina, o presidente Hugo Chavez inflama as relações com a Europa. Angela Merkel é da mesma linha política de Hitler, disse o presidente venezuelano num programa de televisão que anima todos os domingos, em jeito de comício.

Hugo Chavez diz ainda que “a aristocracia europeia tem medo da esquerda” da América Latina. E não mede as ofensas: “Oxalá a Europa perceba o que se passa aqui. Mas a chanceler alemã disse que os governos da América Latina deveriam afastar-se do governo de Hugo Chavez. Sra. Chanceler, vá… Como se trata de uma senhora, não lhe digo mais nada: vá você!”

Palavras que não desconcertaram a chanceler alemã. “O presidente Hugo Chavez não fala em nome da América Latina. Cada país tem a sua voz”, afirmou Angela Merkel. Que recordou que o próprio povo venezuelano recusou recentemente, em referendo, aumentar os poderes do presidente.

Na próxima sexta-feira, Angela Merkel estará presente na V Cimeira União Europeia-América Latina e Caraíbas. A reunião vai decorrer em Lima, no Peru e tem na agenda a luta contra a pobreza, o aquecimento global e as relações comerciais entre os dois blocos. Mais de 50 chefes de Estado e de governo são esperados. Hugo Chavez ameaçou não ir.