Última hora

Última hora

UE poderá voltar a importar frangos desinfectados com lixívia

Em leitura:

UE poderá voltar a importar frangos desinfectados com lixívia

Tamanho do texto Aa Aa

A polémica sobre os frangos americanos desinfectados com lixívia está de volta. Bruxelas prevê retomar as importações destes frangos, proibidas desde 1997.

A técnica americana visa reduzir o risco de bactérias, como as da salmonela, por exemplo. Os veterinários europeus, no entanto, sempre privilegiaram os controlos sanitários ao longo de toda a cadeia de produção – mas poderiam agora aceitar a importação, à condição de que os frangos sejam posteriormente enxaguados e devidamente etiquetados.

Mas a França já fez saber que se opõe frontalmente à proposta. Paris nega igualmente as acusações de exportar, ela própria, para a Arábia Saudita, frangos lavados com lixívia.

Nina Papadoulaki, porta-voz da Comissão Europeia, garante que, “de acordo a informação actualmente disponível, nenhum Estado membro utiliza está prática para a exportação.”

A Comissão Europeia quer apresentar a proposta aos americanos, durante a Cimeira União Europeia-Estados Unidos. Mas, tendo em conta a opinião pública europeia, outros Estados membros poderão reagir negativamente à ideia de Bruxelas.