Última hora

Última hora

Participantes na Cimeira América Latina e Caribe-União Europeia começaram a reunir-se

Em leitura:

Participantes na Cimeira América Latina e Caribe-União Europeia começaram a reunir-se

Tamanho do texto Aa Aa

Já começaram os preparativos para a V Cimeira América Latina e Caribe – União Europeia, que vai reunir, sexta-feira, em Lima, cinquenta chefes de Estado. Os principais temas são o aquecimento climático e a luta contra a pobreza.
Mas alguns dos participantes na cimeira já se começaram a reunir. Foi o caso do primeiro-ministro português, José Sócrates, e do presidente venezuelano, Hugo Chavez, que assinaram, terça-feira, um acordo para trocar petróleo por comida.
Já os presidentes da Comissão Europeia e do México discutiram o estatuto de parceiro estratégico que Bruxelas propõe a este país.
A situação de Ingrid Betancourt e dos outros reféns das FARC será um dos temas abordados pela França, que se fará representar na cimeira, pelo primeiro-ministro François Fillon.
Mas uma outra conferência já começou, na terça-feira, também em Lima: a “Cimeira dos Povos”, organizada pela esquerda anti-liberal. Trata-se de um fórum alternativo, contra as políticas neoliberais e o imperialismo. A edição deste ano vai sentar no banco dos réus a Europa e as suas multinacionais, uma vez que os organizadores entendem que o velho continente tem uma dívida histórica para com a América Latina.