Última hora

Última hora

Crescimento económico da Eurozona supera expectativas

Em leitura:

Crescimento económico da Eurozona supera expectativas

Tamanho do texto Aa Aa

O crescimento económico no grupo de 15 países da Zona Euro superou as expectativas, no primeiro trimestre deste ano, graças aos avanços em França e na Alemanha, que compensaram valores decepcionantes em Espanha e Itália.

O comissário europeu para os Assuntos Económicos, Joaquín Almunis, elogiou a moeda única, cujo lançamento comemora agora dez anos: “Se não tivéssemos a moeda única, a fraqueza do dólar estaria a colocar uma pressão enorme nas economias da Zona Euro – nalgumas, mais do que noutras – e haveria um forte impacto no comércio e no investimento. Temos que lembrar esse facto àqueles que esqueceram as turbulências monetárias do passado”.

Este crescimento acima do esperado é um argumento para o Banco Central Europeu continuar a não baixar a taxa de juro, numa altura em que a grande prioridade do BCE é a luta contra a inflação.

Nos primeiros três meses deste ano, crescimento dos Quinze foi de 0,7% em relação ao trimestre anterior, e de 2,2% em termos anuais, um nível semelhante ao já registado nó último trimestre de 2007.

Quanto à inflação, está em ligeiro recuo, mas continua muito alta. Em Abril, o crescimento dos preços foi de 3,3%, a aliviar dos 2,6% do mês anterior, ou seja, mais de um ponto percentual acima do limite fixado plo banco central europeu. A confiança das empresas e das famílias está ao nível mais baixo em mais de dois anos.