Última hora

Última hora

Governo libanês anula decisões tomadas contra o Hezbollah

Em leitura:

Governo libanês anula decisões tomadas contra o Hezbollah

Tamanho do texto Aa Aa

Os disparos que soaram durante a noite em Beirute não foram tiros de mais um confronto entre membros da oposição xiita e o exército, mas de celebração pela anulação das medidas tomadas contra o Hezbollah pelo governo libanês. O anúncio foi feito pelo ministro da Informação, Ghazi Aridi, em conferência de imprensa após uma reunião do governo. Aridi referiu que “o executivo decidiu aceitar a proposta do chefe do Exército e anular as decisões para facilitar as negociações da Liga Árabe e para preservar a unidade nacional e a segurança dos cidadãos.”

A decisão surge poucas horas depois da chegada a Beirute de uma delegação da Liga Árabe para mediar o conflito entre a maioria anti-síria e a oposição apoiada pelo país vizinho e pelo Irão.

O executivo libanês anunciou no dia 06 de Maio que tencionava investigar uma rede paralela de telecomunicações do Hezbollah e demitiu o director de segurança do aeroporto, apresentado como próximo do partido xiita.

Após 18 meses de crise política, estas duas medidas desencadearam uma espiral de violência, com membros armados da oposição xiita a tomarem de assalto Beirute ocidental, defendida por partidários sunitas do governo libanês.