Última hora

Última hora

UE quer céu (totalmente) aberto nos EUA

Em leitura:

UE quer céu (totalmente) aberto nos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

Começou, quinta-feira, na Eslovénia, a segunda ronda de negociações entre a União Europeia e os Estados Unidos, para completar o acordo Céu Aberto. O objectivo desta segunda etapa é abrir aos europeus as portas do controlo das companhias aéreas norte-americanas. Actualmente, os investidores do velho continente podem deter mais de 50 por cento do capital total de uma linha aérea, mas não podem comprar mais de 25 por cento de acções com direito de voto. Já, na Europa, os americanos têm direito a 49 por cento.
Mas não será fácil persuadir o congresso norte-americano, como salientou o enviado especial dos EUA à Eslovénia, Boydon Gray.

De acordo com o Céu Aberto, que entrou em vigor a 30 de Março, as companhias aéreas europeias podem voar, pela primeira vez, sem restrições a partir de qualquer ponto da UE para qualquer lugar dos EUA e vice-versa.