Última hora

Última hora

Pequim autoriza entrada de médicos estrangeiros

Em leitura:

Pequim autoriza entrada de médicos estrangeiros

Tamanho do texto Aa Aa

Pequim vai autorizar a entrada de equipas médicas estrangeiras para socorrer as vítimas da província de Sichuan.

As autoridades estimam que pode haver milhares de pessoas sob os escombros, a maioria sem vida.

O governo chinês pediu à população para que envie urgentemente tendas, para ajudar os cinco milhões de pessoas que ficaram sem casa.

Algumas pessoas tentam recuperar os objectos que não se danificaram durante o tremor de terra.

Grande parte dos sobreviventes vive em condições precárias.

Esta mulher diz que partilha uma tenda com quatro famílias e que uma das pessoas está doente.

As crianças regressaram às aulas, mas as lições são dadas ao ar livre porque muitas escolas foram totalmente destruídas pelo sismo.

A tragédia foi vista por numerosas multinacionais estrangeiras como uma oportunidade para melhorarem a sua imagem.

O City Bank, o Carrefour e o grupo Pfizer foram algumas das empresas que anunciaram a doação de centenas de milhares de euros.

Toda a ajuda é necessária numa fase em que se teme uma segunda catástrofe humanitária.

A Organização Mundial de Saúde advertiu para o risco de doenças devido à falta de água potável e às deficientes condições de higiene.