Última hora

Última hora

Kentucky e Oregon podem decidir candidato democrata à Casa Branca

Em leitura:

Kentucky e Oregon podem decidir candidato democrata à Casa Branca

Tamanho do texto Aa Aa

Os militantes democratas norte-americanos já começaram a votar naquelas que deverão ser umas primárias decisivas para a escolha do candidato do partido na corrida à Casa Branca. As assembleias de voto abriram em primeiro lugar no Estado do Kentucky. Quando eram 14h em Lisboa, foi a vez dos habitantes do Estado do Oregon começarem a votar.

De acordo com as sondagens, Barack Obama está em boa posição para vencer de forma folgada no Oregon e garantir a investidura democrata. Durante um comício, o senador do Illinois atacou McCain ao referir que “por causa das políticas de Bush, o Irão vai ser durante muitos anos o pior inimigo dos Estados Unidos, de Israel e do Médio Oriente” e o candidato conservador “quer reforçar essas políticas”.

Se o discurso de Obama dá indicações claras de que já se coloca na pele do candidato democrata à Casa Branca, Hillary Clinton tem ainda um discurso virado para as bases do partido. A senadora de Nova Iorque e ex-primeira-dama afirmou que a corrida está muito renhida e longe de estar acabada. “Nenhum de nós conseguirá obter o número de delegados para garantir a nomeação.”

De acordo com as sondagens, Hillary Clinton deverá vencer a eleição no Kentucky, onde estão em jogo 51 delegados. No Oregon os candidatos vão tentar conquistar o maior número possível dos 52 delegados em liça. Barack Obama afirmou numa reunião de angariação de fundos que se vencer o escrutínio garante a investidura.