Última hora

Última hora

Madrid volta a dizer "não" ao plano de soberania do governo basco

Em leitura:

Madrid volta a dizer "não" ao plano de soberania do governo basco

Tamanho do texto Aa Aa

Madrid voltou a dizer “não” ao plano de soberania do governo basco. Juan Jose Ibarretxe reuniu-se esta terça-feira com José Luis Rodríguez Zapatero. O presidente basco afirmou que durante a reunião com o chefe do governo espanhol se confrontou a um muro. Zapatero afirmou que qualquer decisão terá de respeitar a constituição espanhola:

“O governo espanhol só apoiará uma iniciativa que respeite duas condições. Em primeiro lugar, um amplo entendimento no país basco para fortalecer a vida em comum, um acordo entre os bascos. Em segundo lugar, é claro que qualquer cidadão, democrata assume que é necessário respeitar, qualquer que seja a iniciativa, os caminhos que a lei estabelece, a começar a nossa constituição”.

Juan José Ibarretxe reafirmou a tenacidade do povo basco e afirmou que Zapatero
só pensa nas eleições e não apresenta soluções:

“Não é aceitável que o presidente Rodriguez Zapatero tenha falado e negociado um conjunto de questões com ETA, o que me parece bem, nada tenho a dizer sobre esse assunto, mas que agora se recuse a negociar essas questões com o presidente da comunidade autónoma basca que é o representante legítimo e democrático, escolhido pelos cidadãos e cidadãos bascos”.

O plano de Ibarretxe para o País Basco inclui a organização de dois referendos até 2010 e o reconhecimento por Madrid do “direito à auto-determinação dos bascos”.