Última hora

Em leitura:

McCain ataca Obama


EUA

McCain ataca Obama

O candidato republicano às eleições de Novembro lançou um violento ataque contra o democrata Barak Obama. A escolha deste alvo, segundo alguns analistas, pode significar que Obama será mesmo o vencedor das primárias do lado democrata. John McCain acusou-o de inexperiência, ao propor-se falar com o presidente do Irão: “o senador Obama afirmou repetidamente a sua intenção de se encontrar com o presidente do Irão, sem qualquer pré-condição. Isto demonstra a inexperiência profunda do senador Obama e precipitação na decisão”.

Obama ouviu o ataque e já respondeu. Ele diz que existem razões fortes para conversar com o lider iraniano, de modo a controlar aquilo que considera uma ameaça. “Isto, para mim, é absolutamente claro. O Irão é uma ameaça grave. Tem programas nucleares ilegais, apoia o terrorismo por toda a região e as milícias no Iraque. Questiona a existência de Israel e duvida do Holocausto. Isto é uma ameaça”, disse.

Poupada a esta polémica, Hillary Clinton prepara-se para uma vitória no Kentucky, que vai às urnas esta terça-feira. Clinton lidera as intenções de voto, com 56 por cento. Obama fica-se pelos 25.

“Não se pode ganhar as presidenciais, sem ganhar Kentucky” disse a senadora.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

ETA intensifica ataques no País Basco