Última hora

Última hora

Madrid preocupada com desvio do fluxo de clandestinos para Espanha por causa da nova lei de imigração em Itália

Em leitura:

Madrid preocupada com desvio do fluxo de clandestinos para Espanha por causa da nova lei de imigração em Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Pouco antes dos embaixadores dos 27 terem concluído o acordo sobre a definição de regras comuns para a expulsão de clandestinos, os responsáveis italiano e espanhol dos assuntos europeus encontraram-se pela 1ª vez em Madrid, para falar da nova lei de imigração aprovada em Itália.

O governo espanhol manifestou o seu desagrado pelo facto da imigração ilegal passar a ser um delito em Itália, isto porque Espanha teme um desvio na sua direcção e dos países vizinhos dos fluxos migratórios.

O executivo de Sílvio Berlusconi aprovou quarta-feira a nova lei de imigração, que pega nos pontos mais restritivos do documento aprovado hoje pelos embaixadores junto da União Europeia.

O Ministro do Interior italiano considerou por isso “injustificadas” as críticas que foram feitas à legislação aprovada pelo governo transalpino.

Itália e Espanha são os 2 países da União mais afectados pela imigração ilegal proveniente de África.

Em 2005, a Espanha procedeu à legalização extraordinária de 600 mil clandestinos, um processo muito criticado na altura por Nicolas Sarkosy.

O agora presidente francês quer colocar a luta contra a imigração ilegal no topo das prioridades da União Europeia, no segundo semestre do ano, quando assumir a presidência rotativa dos 27.