Última hora

Última hora

Olmert enfrenta novo interrogatório

Em leitura:

Olmert enfrenta novo interrogatório

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia israelita interroga hoje o primeiro-ministro, Ehud Olmert, pela segunda vez.
Olmert, que já foi ouvido em 2 de maio, é apontado como suspeito de receber “somas significativas de dinheiro ao longo de vários anos. O primeiro-ministro nega qualquer irregularidade, mas admite a possibiidade de abandonar o cargo caso seja formalmente acusado, o que deverá conduzir o país à realização de eleições antecipadas assim como afectar as negociações de paz com os palestinianos.

Olemert confessou que o empresário norte-americano Morris Talansky efectuou doações para as suas duas campanhas à câmara de Jerusalém e para duas disputas internas do partido Likud. A lei israelita limita as doações eleitorais a algumas centenas de dólares. O procurador-geral de Israel revelou na segunda-feira que os investigadores suspeitam que Olmert recebeu varias centenas de milhar de parte de Talansky.

Hoje o governo anunciou o relançamento das negociações de paz com a Síria sob os auspícios da Turquia o que para alguns analistas servirá para desviar a atenção do processo judicial do primeiro- ministro.