Última hora

Última hora

Violência faz 42 mortos

Em leitura:

Violência faz 42 mortos

Tamanho do texto Aa Aa

O exército sul africano juntou-se às forças policiais num esforço conjunto para travar a violênca que causou já 42 mortos. A onda de ataques xenófobos estendeu-se à área metropolitana da Cidade do Cabo. Grupos de sul-africanos, munidos de paus e garrafas, começaram a atacar comunidades pobres de imigrantes no bairro de Du Noon, perto de Milnerton.

Centenas de residentes fugiram da região enquanto as forças policiais bloquearam o bairro para deter os ataques. Várias barracas foram destruídas e bens pessoais dos seus residentes pilhados. A polícia transportou centenas de pessoas – moçambicanas, somalis, zimbabuanas, nigerianas – para o posto policial de Milnerton, onde passaram o resto da noite em segurança.

Os ataques contra imigrantes começaram em 12 de maio em Alexandra, norte de Johannesburgo, e já fizeram maias de quatro dezenas de vítimas mortais. Mais de 16 mil pessoas ficaram sem abrigo.