Última hora

Última hora

Yushchenko acusa Rússia de "chantagem energética"

Em leitura:

Yushchenko acusa Rússia de "chantagem energética"

Tamanho do texto Aa Aa

A Ucrânia acolheu, esta sexta-feira, a cimeira energética de países da antiga União Soviética e da Europa de Leste. O anfitrião Viktor Yushchenko aproveitou a ocasião para criticar a posição dos russos. O presidente ucraniano denunciou as políticas de preço e de oferta de petróleo e gás, que considera chantagem: “Os temas da energia às vezes adquirem, de forma alarmante, uma cor política. O termo chantagem energética está já firmemente estabelecido. Os exemplos de pressões energéticas tornaram-se quase uma rotina diária na comunidade global”.

Um dia antes do início da cimeira, Yushchenko deu ordens para que recomeçassem as obras do oleoduto que liga Odessa, na região ucraniana da Crimeia, a Brody, na Polónia, um projecto que não é bem visto pelos russos.