Última hora

Última hora

A polícia italiana prendeu esta sexta-feira o alegado chefe de uma família da máfia calabresa

Em leitura:

A polícia italiana prendeu esta sexta-feira o alegado chefe de uma família da máfia calabresa

Tamanho do texto Aa Aa

Giuseppe Nirta, um dos homens mais procurados de Italia, é acusado de homicídio, posse ilegal de arma e associação criminosa. O chefe de uma das famílias mais poderosas da Ndrangheta, a máfia da região da Cálabria, foi detido em casa de um familiar, na localidade de San Luca.

Guiseppe Nirta é suspeito de estar por detrás do massacre de Duisburg, na Alemanha, a 15 de Agosto de 2007. Nesta ocasião, seis membros da família rival Pelle Vottari foram assassinados à porta de uma pizzaria.

As duas famílias da Calábria protagonizam, há mais de quinze anos, uma guerra entre clãs que já resultou em 20 mortos. Tudo terá começado com uma luta de ovos entre as duas famílias, numa brincadeira de Carnaval e acabou com a morte da nora de Giuseppe Nirta, em Dezembro de 2006.

A polícia acredita que se trata de uma luta entre famílias para controlar o trafico de cocaína na Europa, dominado pela máfia calabresa.