Última hora

Última hora

Camionistas britânicos protestam contra subida do preço dos combustíveis

Em leitura:

Camionistas britânicos protestam contra subida do preço dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

A contestação social alastra-se na Europa a par e passo com o aumento do preço dos combustíveis.

No Reino Unido centenas de camionistas sairam para a estrada numa viagem de protesto em direcção a Londres e Cardiff. O objectivo é pedir ajudas do Governo para fazer face à escalada dos preços. Os camionistas alertam que muitas empresas podem ver-se obrigadas a fechar.

Martin Archcock explica que “tinha três camiões mas, em Janeiro e face ao aumento do preço dos combustíveis”, teve “que vendê-los. Trabalhava com três bons condutores e, com muito custo”, teve “que despedi-los, caso contrário afundaria a empresa”.

O sector dos transportes é um dos mais afectados pela forte subida nos preços dos carburantes. À semelhança de outros países europeus, os condutores britânicos viram aumentar em cerca de 30 por cento a factura do combustível, no espaço de um ano.

O descontentamento dos camionistas chegou até ao número 10 de Downing Street, onde os organizadores do protesto entregaram ao executivo de Gordon Brown uma petição que contempla, nomeadamente, descontos para o sector dos transportes.

A mobilização faz-se também sentir noutros países europeus e em distintos sectores de actividade.