Última hora

Última hora

Poupar combustível ao volante

Em leitura:

Poupar combustível ao volante

Tamanho do texto Aa Aa

No momento em que os pescadores e os camionistas da Europa se mobilizam pela baixa do preço dos combustíveis, Bruxelas promove acções de incentivo aos automobilistas para a redução do consumo energético dos veículos.

Pequenos gestos, que se aprendem nas escolas de condução que podem fazer poupar mais de 20% do consumo anual dos veículos como, por exemplo, antecipar as situações de trânsito para evitar travagens bruscas ou arranques precipitados; ligar o motor apenas no momento de arrancar com veículo, etc.

O porta-voz da comissão explica: “Num teste feito numa escola de condução ecológica, um condutor normal consegue reduzir o consumo de energia, num circuito urbano, de 7,3 para 5 litros por cada cem quilómetros. Isto significa que, ao preço de 1 euro e 40 cêntimos e num carro que faça cerca de 15 mil quilómetros por ano, o condutor pode poupar 500 euros anuais”.

A isto chamam os ecologistas uma “condução inteligente”: faz-se sentir no bolso dos consumidores e contribui para atingir as metas europeias do protocolo de Quioto em termos ambientais.

Mas para o antigo piloto de rallies e desde há uma década deputado europeu, Ari Vatanen, é bem mais do que isso. “É simplesmente aplicar a lógica. É bom para a economia, é bom para a longevidade do veículo e é sobretudo muito menos stressante, o que é óptimo para o espírito”.

A campanha “Poupe mais do que os combustíveis” decorre em 29 países. 45 mil bombas de gasolina por toda a Europa têm à disposição dos clientes brochuras com instruções úteis. Siga os conselhos e desfrute do seu veículo de forma mais consciente.