Última hora

Última hora

Desemprego alemão volta a subir

Em leitura:

Desemprego alemão volta a subir

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez em mais de dois anos, o número de desempregados na Alemanha esteve a subir, embora muito ligeiramente. Este mês, houve mais 4000 pessoas sem emprego, em relação ao mês passado, o que eleva o número total de desempregados para os 3,3 milhões. Isto em dados corrigidos por factores sazonais.

Em termos brutos, o desemprego continua a baixar. A taxa de desemprego mantém-se nos 7,9 por cento em valores corrigidos e baixou dos 8,1 para os 7,8 por cento, em valores brutos.

O director da Agência Federal para o Emprego, Frank-Jürgen Weise, está contente com os números: “Em relação ao mês passado, o número de desempregados diminuiu em 131 mil. Em relação a Maio de 2007, houve uma descida de 529 mil. Tendo em conta as variações sazonais, houve uma pequena subida de 4000”.

Os analistas estão igualmente contentes – os valores do total do ano devem ser melhores que as previsões, que apontam para 3,5 milhões de desempregados.

O ministro da economia, Peer Steinbrueck, mostrou-se também satisfeito com a tendência do desemprego, que parece afastar-se, cada vez mais, do número acima dos cinco milhões, atingido há dois anos.