Última hora

Última hora

Apoiantes de Cinton pedem reintegração de delegados

Em leitura:

Apoiantes de Cinton pedem reintegração de delegados

Tamanho do texto Aa Aa

O Partido Democrata decide este sábado o futuro dos delegados do Michigan e da Florida. Dois estados, que poderão ser decisivos para a senadora Hillary Clinton. Em jogo estão perto de 370 delegados banidos da convenção por terem antecipado as primárias, receando, que o processo eleitoral deste ano fosse idêntico à das últimas duas décadas, ou seja, que os primeiros a votar decidissem os nomeados.

Isto não aconteceu e cabe, agora, ao Partido decidir se mantém ou não as penalizações.
Uma decisão, que está a ser aguardada com expectativa pelos apoiantes de Clinton.

Em Washington, frente ao hotel onde decorre o encontro dos líderes do partido dezenas de pessoas manifestaram-se a favor da reintegração dos delegados.

A posição é partilhada pela senadora por Nova Iorque que, apesar de não ter feito campanha, venceu nos dois estados.

O senador por Illianois mantêm-se na frente da corrida com uma vantagem em termos de delegados eleitos. Isto numa altura em que cada vez mais superdelegados se colocam ao lado de Obama.

A decisão sobre a indicação partidária deve ficar nas mãos dos cerca de 800 membros do Congresso e outros elementos do partido.