Última hora

Última hora

Clinton perde batalha legal mas Obama deverá perder em Porto Rico

Em leitura:

Clinton perde batalha legal mas Obama deverá perder em Porto Rico

Tamanho do texto Aa Aa

Revés para Hillary Clinton no impasse sobre a eleição dos delegados dos estados do Michingan e da Florida.

Apesar dos sorrisos e da imagem de vitória, o resultado da polémica foi um Não para a senadora que queria dar pleno poder de voto aos 368 delegados dos dois estados, apesar de nem Clinton nem Obama aí terem desenvolvido acções campanha.

Um comité partidário resolveu a questão, recusou o pedido de Hillary Clinton e ainda penalizou as duas candidaturas. Ficou decidido que cada um dos delegados dos dois estados dispõe apenas de meio voto para a convenção de Denver no Colorado.

Fora das questões técnicas, estão os apoiantes dos dois democratas candidatos nas primárias que continuam a campanha.

Uma simpatizante de Clinton assegura que a senadora tem o voto popular do seu lado e que isso é o mais importante e pergunta para que são precisas as primárias pois se o que conta são so votos do povo.

Pronto para as primárias deste domingo em Porto Rico está também Barack Obama. O senador do Illinois tem mais 200 votos que Hillary Clinton, falta apenas conseguir o apoio de 66 delegados para alcançar os 2 mil 118 necessários à investidura.

Obama está confiante na vitória, numa altura em que terminou a polémica sobre a Igreja a que pertencia há 20 anos.

O candidato democrata explica que terá de encontrar agora um templo onde se sinta confortável e que seja representativo dos valores que defende. É o fim de uma polémica que começou com as declarações racistas de um antigo pastor da mesma Igreja de Cristo. Apesar da festa em Porto Rico, as sondagens dizem que Obama deverá perder estas primárias para Hillary Clinton.