Última hora

Última hora

Suíços rejeitam em referendo projecto que visava dificultar naturalização de imigrantes

Em leitura:

Suíços rejeitam em referendo projecto que visava dificultar naturalização de imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

Os suíços rejeitaram em referendo o projecto de lei que visava dificultar a naturalização de estrangeiros, de acordo com as estimativas da televisão helvética. Esta iniciativa é um dos cavalos de batalha da direita populista.

O líder da União Democrática do Centro, Cristopher Blocher pretendia que cada município pudesse aceitar ou rejeitar, nas urnas, os candidatos à obtenção de cidadania suíça. Há cinco anos um projecto de lei similar foi chumbado pelo Supremo Tribunal por estar na origem de casos de discriminação, em particular, contra imigrantes dos Balcãs.

A questão da imigração é um dos temas mais debatidos na Suiça onde vinte por cento da população é de origem estrangeira. A legislação actual para obtenção de cidadania é uma das mais exigentes da Europa.

O candidato tem de viver na Suíça há pelo menos doze anos e dar provas de integração na comunidade, segundo os termos definidos pelo governo federal.