Última hora

Última hora

Eurogrupo diz que preços altos vão manter-se

Em leitura:

Eurogrupo diz que preços altos vão manter-se

Tamanho do texto Aa Aa

Excepcionalmente, a cimeira dos ministros da Economia e Finanças dos Vinte e Sete realiza-se, esta semana, na sede do Banco Central Europeu, em Frankfurt – uma cimeira antecedida, como é habitual, pela reunião dos ministros da Eurozona.

A subida dos preços continua a ser a maior preocupação dos ministros, numa altura em que a inflação do grupo dos agora 15 países regressou a níveis nunca antes vistos.

O luxemburguês Jean-Claude Juncker, presidente do Eurogrupo, deu conta dessa preocupação: “Os preços do petróleo e da alimentação vão manter-se altos. As reacções a nível fiscal, a curto prazo, não vão aligeirar o fardo criado pelas consequências da subida nos preços do petróleo.

O Fundo Monetário Internacional prevê um forte enfraquecimento do ritmo de crescimento económico dos 15 países.

O FMI dá também razão ao BCE, por manter as taxas de juro altas. Depois de um crescimento de 2,6% no ano passado, o FMI prevê agora que o PIB dos Quinze cresça 1,75%, este ano, e apenas 1,25% no próximo ano.

O ministro da Economia da Áustria propôs a criação de um imposto especial contra a especulação, que está na origem de grande parte das subidas de preços. Arrastados pelo petróleo e outros factores, os preços da alimentação têm subido e estão a penalizar os lares, não só na Europa, como em todo o mundo.