Última hora

Última hora

Comissão Europeia pode chumbar ajuda à Alitalia

Em leitura:

Comissão Europeia pode chumbar ajuda à Alitalia

Tamanho do texto Aa Aa

A Alitalia está debaixo de fogo da British Airways e da Ryanair. A Associação de Linhas Aéreas Europeias apresentou uma queixa à Comissão Europeia, por causa do empréstimo de 300 milhões de euros dado pelo governo italiano, depois de uma queixa por parte da BA e da Ryanair, que alegam que o empréstimo é ilegal.

Para o Partido Democrático, na oposição, as propostas de Berlusconi não chegam: “A Alitalia não pode ter perspectivas sérias fora de uma grande aliança com uma companhia aérea internacional. As soluções rápidas propostas pelo governo de Berlusconi não estão, de todo, sobre a mesa”, diz Pierluigi Bersani, do PD.

A Alitalia teve, no primeiro trimestre deste ano, uma facturação de 954 milhões de euros e um prejuízo de 215 milhões. A dívida chega aos 1,3 mil milhões de euros.

A proposta da Air France-KLM para a compra da companhia italiana falhou. Esta hipótese tinha o apoio do anterior governo, chefiado por Romano Prodi. O novo executivo, comandado por Silvio Berlusconi, prefere uma solução italiana.

A acção da British Airways e da Ryanair ameaça colocar em perigo a futura venda, e mesmo a sobrevivência, da Alitalia.

O jornal italiano la Repubblica garante, sem citar a fonte, que a Comissão Europeia já decidiu que a ajuda paga pelo governo é ilegal e vai ser aberto um processo dentro de uma semana.