Última hora

Última hora

Hillary Clinton mantém posição de força

Em leitura:

Hillary Clinton mantém posição de força

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar de não pronunciar a palavra derrota, Hillary Clinton encerrou em Nova Iorque a sua campanha apelando à união democrata para derrotar McCain.

A senadora teve também uma palavra de apreço para Barack Obama: “foi uma honra ter concorrido a estas primárias com ele, tal como é uma honra tê-lo como amigo e esta noite gostaria que todos nós reconhecêssemos tudo o que ele e os seus apoiantes conquistaram”.

E a mensagem de unidade poderá ter sido bem acolhida por muitos, que já estão com o pensamento nas eleições do Outono. “Eu gostava que ela fosse vice-presidente. Ela é a minha preferência, mas eu apoiarei Barack Obama e penso que eles como equipa, vão vencer. Vai ser uma equipa fantástica”, afirmou uma apoiante da senadora Clinton.

Nos bastidores da máquina democrata especula-se agora sobre a possibilidade de Clinton estar disponível para ser vice-presidente de Obama:

Depois de ter partido para a corrida à nomeação democrata como forte favorita, a candidata Hillary Clinton vira atenção para assuntos mais urgentes:
Uma campanha que lhe deixou para já milhões de dólares de dívidas pessoais.

Os delegados democratas encontram-se em Agosto para a convenção do partido, na cidade de Denver.