Última hora

Última hora

O último adeus a Yves Saint Laurent

Em leitura:

O último adeus a Yves Saint Laurent

Tamanho do texto Aa Aa

Na igreja de Saint Roch, em Paris, a nata do mundo da moda e do espectáculo prestou uma derradeira homenagem a Yves Saint Laurent que morreu no domingo, vítima de um tumor cerebral.

Pierre Bergé, o companheiro pessoal e profissional de Saint Laurent, recebeu as condolências de personalidades como o casal presidencial Sarkozy e também Jean Paul Gaultier ou Letícia Casta.

Catherine Deneuve, ícone da beleza feminina no cinema francês e amiga de longa data do costureiro, declamou um poema, ao mesmo tempo que no exterior da igreja cerca de um milhar de pessoas acompanhava as exéquias através de um ecrã gigante.

Depois de cremado, as cinzas do corpo de Yves Saint Laurent serão conservadas no jardim Majorelle em Marraquexe que o costureiro e o companheiro Pierre Bergé compraram em 1980.

A França e o mundo despediram-se daquele que foi uma grande referência do universo da moda no séc. XX.