Última hora

Última hora

Camionistas espanhóis intensificam protesto contra aumento do preço dos combustíveis

Em leitura:

Camionistas espanhóis intensificam protesto contra aumento do preço dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

Em Espanha, os piquetes de greve do sector dos transportes de mercadorias mobilizam-se para tentar aumentar os protestos contra a escalada dos preços dos combustíveis.

Uma parte dos camionistas independentes estão desde sexta-feira paralisados. A Federação Nacional de Transportadores adere ao protesto na próxima segunda-feira.

Em Portugal, a greve por tempo indeterminado decidida pela maioria dos transportadores tem início no mesmo dia.

Camionistas portugueses e espanhóis queixam-se da falta de resposta dos respectivos governos.

A greve dos camionistas espanhóis junta-se às paralizações de pescadores, que duram desde o fim de Maio.

A Cepesca, principal organização patronal do sector, prevê uma paragem da “quase totalidade da frota de pesca espanhola até ao fim da próxima semana”.

Na sexta-feira, cerca de dois mil pescadores galegos sairam à rua em protesto na Corunha, enquanto várias dezenas de colegas do Sul bloquearam temporariamente uma ponte perto de Huelva, que liga Espanha a Portugal.