Última hora

Última hora

Sarkozy e Merkel falaram sobre eventual "não" irlandês ao Tratado de Lisboa

Em leitura:

Sarkozy e Merkel falaram sobre eventual "não" irlandês ao Tratado de Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

Energia e meio ambiente eram os temas fortes do conselho de ministros franco-alemão que decorreu esta segunda-feira, na Baviera. Mas na semana do referendo irlandês ao Tratado de Lisboa, era inevitável o presidente francês e a chanceler alemã falarem sobre o assunto.

Nicolas Sarkozy, que assume a presidência da União Europeia a 1 de Julho, não esconde a preocupação com um eventual não irlandês aos planos para reformar as instituições da UE.
“Uma eventual recusa irlandesa não será apenas um problema para a presidência francesa. É um problema para a Europa. Cabe aos irlandeses decidir, mas o que decidimos eu e a senhora Merkel foi que, aconteça o que acontecer, a reacção será franco-alemã”, realçou Sarkozy.

Angela Merkel revelou que França e Alemanha chegaram a um acordo sobre a regulamentação das emissões de dióxido de carbono dos automóveis que se fabriquem a partir de 2012. Havia um diferendo entre os dois países nesta matéria, mas a chanceler alemã não adiantou pormenores sobre os termos do acordo.