Última hora

Em leitura:

ONU e Aliança Atlântica debatem presença internacional no Kosovo


mundo

ONU e Aliança Atlântica debatem presença internacional no Kosovo

Nações Unidas e NATO tentam resolver a complicada presença de forças de segurança internacionais no Kosovo, a poucos dias da entrada em vigor da Constituição kosovar. Os ministros de Defesa da Aliança Atlântica reuniram-se esta quinta-feira em Bruxelas para debater a situação no Kosovo e o papel da força da NATO, a KFOR, no período de transição.

Durante a manhã, o Conselho do Atlântico Norte culminou com a decisão dos aliados de apoiar a criação de uma nova força de segurança multiétnica no Kosovo, com cerca de 2500 agentes, sob controlo civil e equipados apenas com armamento ligeiro. O secretário-general da ONU, Ban Ki Moon, propôs a “reconfiguração” da presença internacional com a entrada em vigor da nova Constituição kosovar, no próximo domingo.

A missão da ONU no Kosovo deverá transmitir as responsabilidades administrativas a Pristina e à EULEX, a missão da União Europeia. As tropas da KFOR continuaram a controlar as fronteiras, mas não deverão ocupar-se de tarefas de policiamento.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

China e Taiwan assinam acordo aéreo