Última hora

Em leitura:

Protesto dos magistrados contra presidente regressa às ruas de Islamabad


mundo

Protesto dos magistrados contra presidente regressa às ruas de Islamabad

Milhares de advogados e membros da oposição saíram à rua no Paquistão para exigir o regresso dos magistrados demitidos pelo presidente. O protesto assumiu a forma de uma longa marcha em direcção a Islamabad. A segurança foi reforçada na capital. Seis mil polícias bloquearam as ruas com contentores e arame farpado. Cerca de sessenta juízes foram suspensos em Novembro, quando se preparavam para ilegalizar o segundo mandato de Pervez Musharraf.

Um advogado do Tribunal Supremo afirmou que “alguns políticos não querem que os juízes sejam reintegrados”. Uma referência à coligação governamental que está dividida em relação ao regresso dos juizes. A formação do antigo primeiro-ministro Nawaz Sharif apoia o protesto dos magistrados.

Mais hesitante está o Partido do Povo Paquistanes, liderado pelo marido de Benazir Butho assassinada em Dezembro. Asif Ali Zardari é acusado de rejeitar o pedido dos magistrados por estar envolvido em vários processos judiciais.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Camionistas da Shell em greve por aumentos salariais